Como Fazer Empréstimo para Negativado

Advertisement
Atualmente muitas pessoas tem o nome sujo, ou seja, constam na lista do SPC ou Serasa por diversos motivos. Cheques sem fundos, contas de cartões de crédito que viram bolas de neve etc. O consumismo virou rotina entre a população mundial e agora o atraso de contas é algo comum.

Além disso, a crise econômica mundial que vai e volta também contribui bastante para esse cenário. No Brasil, de acordo com o Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) aproximadamente 20% das famílias brasileiras possuem dívidas que superam o quanto ganham no mês.






Dívidas essas muitas vezes provenientes de cartões de crédito. Por conta disso, muitas empresas e instituições acabam não confiando no cliente que irá fazer uma compra. Elas consultam o histórico da pessoa e se recusam a fazer negócio caso a parte esteja com o nome sujo.

Porém, hoje em dia, tudo é mais prático e em alguns casos é possível fazer um empréstimo mesmo com o nome sujo no SPC ou Serasa. Aqui iremos mostrar detalhadamente algumas maneiras de como fazer empréstimo pessoal para negativado.

Como Fazer Empréstimo para Negativado

Primeiramente é necessário fazer uma pesquisa com o seu banco, na internet, outras financeiras etc. Isso porque muitas empresas preferem não perder o cliente e fazem o empréstimo sem nenhum tipo de consulta. Geralmente, só é preciso apresentar alguns dados pessoais como carteira de identidade, um comprovante de residência, um comprovante de renda e o CPF.

Algumas das empresas podem fazer um processo mais confiável para elas e pedir para que o local que o cliente trabalha desconte o valor da compra diretamente no contracheque. Sendo assim, a empresa terá um risco mínimo e o comprador terá mais facilidade para conseguir o crédito.

Indo por outro lado, até mesmo bancos nacionais oferecem crédito sem consulta. Geralmente é dado um prazo de até dois anos para devolver o empréstimo e as parcelas podem ser longas, sendo até 84 vezes!

No entanto, as vezes os juros podem ser muito altos, chegando a 22% ao mês, o que seria um valor muito alto no final das contas. Por isso, muita das vezes o crédito consignado é a melhor solução.

Como fazer Crédito Consignado

No empréstimo consignado, para a instituição credora não importa se o nome está sujo ou não. Além disso, as taxas de juro são muito baixas, indo geralmente a 2% ao mês com parcelas fixas. Porém, apenas alguns perfis são aceitos pelo crédito consignado. São eles, militares do exército, aposentados e pensionistas do INSS, militares da Aeronáutica, militares da marinha e servidores federais ou municipais.

Caso o negativado não se enquadre em nenhuma dessas categorias, é necessário fazer um acordo coletivo, coisa que o próprio Serasa estimula. Basta somar todas as dívidas, procurar o Serasa mais próximo de casa, indicar o valor máximo que pode arcar em parcelas e selar o acordo.

No mais, é de suma importância ressaltar o cuidado que se deve tomar ao ver certas propostas de empréstimo na internet. Muitas delas são de empresas desconhecidas, milagrosas - oferecendo dinheiro na hora, sem burocracia etc - e que tem muita chance de serem fraudulentas.

O negativado, desesperado para limpar o nome, sente-se privilegiado e acaba dando informações bancárias e sendo roubado. Para ter certeza da veracidade da empresa é bom tomar alguns cuidados como verificar se ela tem CNPJ, meios de contato, ter uma conversa pessoalmente etc.

3 comentários:

  1. Queria fazer mais n tenho conta na caixa

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de fazer mas!não tenho conta na caixa,estou muito necessitada.

    ResponderExcluir
  3. eu tenho conta na caixa como faço para consegui o emprestimo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.