Como Fazer Empréstimo para Negativado

// 3 comentários:
Atualmente muitas pessoas tem o nome sujo, ou seja, constam na lista do SPC ou Serasa por diversos motivos. Cheques sem fundos, contas de cartões de crédito que viram bolas de neve etc. O consumismo virou rotina entre a população mundial e agora o atraso de contas é algo comum.

Além disso, a crise econômica mundial que vai e volta também contribui bastante para esse cenário. No Brasil, de acordo com o Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) aproximadamente 20% das famílias brasileiras possuem dívidas que superam o quanto ganham no mês.






Dívidas essas muitas vezes provenientes de cartões de crédito. Por conta disso, muitas empresas e instituições acabam não confiando no cliente que irá fazer uma compra. Elas consultam o histórico da pessoa e se recusam a fazer negócio caso a parte esteja com o nome sujo.

Porém, hoje em dia, tudo é mais prático e em alguns casos é possível fazer um empréstimo mesmo com o nome sujo no SPC ou Serasa. Aqui iremos mostrar detalhadamente algumas maneiras de como fazer empréstimo pessoal para negativado.

Como Fazer Empréstimo para Negativado

Primeiramente é necessário fazer uma pesquisa com o seu banco, na internet, outras financeiras etc. Isso porque muitas empresas preferem não perder o cliente e fazem o empréstimo sem nenhum tipo de consulta. Geralmente, só é preciso apresentar alguns dados pessoais como carteira de identidade, um comprovante de residência, um comprovante de renda e o CPF.

Algumas das empresas podem fazer um processo mais confiável para elas e pedir para que o local que o cliente trabalha desconte o valor da compra diretamente no contracheque. Sendo assim, a empresa terá um risco mínimo e o comprador terá mais facilidade para conseguir o crédito.

Indo por outro lado, até mesmo bancos nacionais oferecem crédito sem consulta. Geralmente é dado um prazo de até dois anos para devolver o empréstimo e as parcelas podem ser longas, sendo até 84 vezes!

No entanto, as vezes os juros podem ser muito altos, chegando a 22% ao mês, o que seria um valor muito alto no final das contas. Por isso, muita das vezes o crédito consignado é a melhor solução.

Como fazer Crédito Consignado

No empréstimo consignado, para a instituição credora não importa se o nome está sujo ou não. Além disso, as taxas de juro são muito baixas, indo geralmente a 2% ao mês com parcelas fixas. Porém, apenas alguns perfis são aceitos pelo crédito consignado. São eles, militares do exército, aposentados e pensionistas do INSS, militares da Aeronáutica, militares da marinha e servidores federais ou municipais.

Caso o negativado não se enquadre em nenhuma dessas categorias, é necessário fazer um acordo coletivo, coisa que o próprio Serasa estimula. Basta somar todas as dívidas, procurar o Serasa mais próximo de casa, indicar o valor máximo que pode arcar em parcelas e selar o acordo.

No mais, é de suma importância ressaltar o cuidado que se deve tomar ao ver certas propostas de empréstimo na internet. Muitas delas são de empresas desconhecidas, milagrosas - oferecendo dinheiro na hora, sem burocracia etc - e que tem muita chance de serem fraudulentas.

O negativado, desesperado para limpar o nome, sente-se privilegiado e acaba dando informações bancárias e sendo roubado. Para ter certeza da veracidade da empresa é bom tomar alguns cuidados como verificar se ela tem CNPJ, meios de contato, ter uma conversa pessoalmente etc.

Financiamento Caixa – Conheça todos os tipos de financiamentos

// 4 comentários:
A Caixa Econômica Federal (CEF) é uma das principais instituições que financia e tenta facilitar a vida dos brasileiros que necessitam de algum dinheiro imediato seja para quitar dívida ou até mesmo para conseguir a tão sonhada casa própria ou seu carro. Há inúmeras formas de se obter um dos financiamentos da Caixa Econômica Federal, que possui agências espalhadas por todo o país.


 
Caso você já seja um cliente CEF, a comodidade pode ser posta em prática com apenas um telefonema ou apenas um clique do mouse, após abrir a tela de crediários na home page Caixa Econômica Federal. Caso não seja, basta comparecer a uma agência CEF de sua preferência e abrir um cadastro. Através deste artigo, você saberá como deve agir para conseguir obter um crediário Caixa Econômica Federal.
 
O sistema de financiamento da Caixa Econômica Federal possui diversas vertentes, ou seja, são financiamentos que abrangem todas as etapas da vida. Entre os crediários estão: financiamento de imóveis, financiamento de veículos, como mencionado acima, financiamento pessoal e financiamento para construção de seu imóvel ou até mesmo uma simples reforma, o Construcard.
 
Veja abaixo os tipos de financiamentos que a Caixa oferece:
 

Construcard, o cartão da reforma

O grande atrativo do Construcard, o cartão Caixa Econômica Federal de construção, é sua forma de pagamento, onde o débito pode ser quitado em até 96 meses. Segundo o site, o Construcard, "é um crédito para ampliar ou reformar a sua casa, sem burocracia". O sistema tem sido muito procurado por pessoas que compram seu primeiro imóvel e que desejam deixá-lo a seu gosto, ou mesmo por pessoas que já têm suas propriedades, mas querem fazer alguma reforma ou construção de outros cômodos. O cliente deste tipo de financiamento tem de 2 até 6 meses para comprar tudo o que precisar e, durante este período, paga somente os juros dos valores que forem gastos.
 
Depois de realizada a compra, em alguns dos estabelecimentos credenciados, você tem até 94 meses para quitar as prestações do financiamento, mas sempre é bom lembrar que, a soma total do prazo de utilização e de amortização não pode ultrapassar 96 meses. Entre as facilidades do Construcard está seu cartão magnético, que parece ser um simples cartão de débito, mas que ao passar em lojas de materiais de construção, pode sacramentar aquele seu sonho de anos.
 

Cartão Minha Casa Melhor

O cartão Minha Casa Melhor é um programa do Governo Federal em parceria com a Caixa Econômica, o programa visa ajudar ainda mais o beneficiado do Minha Casa Minha Vida, onde o mesmo oferece crédito de até R$ 5.000,00 para compra de móveis e eletrodomésticos para a nova moradia.

Além disso, o beneficiado pode pagar em até 48x com uma taxa de juros baixa de apenas 5% ao ano. O pagamento é realizado através do boleto Minha Casa Melhor que chega na residência todos os meses ou pode ser impresso pela internet. 

 

Financiamento pessoal

O crédito pessoal Caixa Econômica Federal é um dos mais conhecidos e utilizados por brasileiros que necessitam de um dinheiro rápido para poder quitar suas dívidas ou até mesmo para dar início a sua empresa ou pequeno negócio. São cinco tipos de financiamento que podem se adequar ao seu perfil. São eles: Crédito Pessoal Único Pré-Fixado, Crédito Pessoal Mensal Pré-Fixado, Crédito Pessoal Mensal Pós-Fixado, Crédito Salário CAIXA Mensal Pré-Fixado e Crédito Salário CAIXA Mensal Pós-Fixado, o prazo de pagamento pode variar de um crédito para o outro.
 

Financiamento de veículo

Existem duas possibilidades de se conseguir um financiamento automotivo através do sistema da Caixa Econômica Federal. O primeiro é para pessoa física. As taxas são conhecidas como as menores do mercado. E o cliente poderá pagar em até 60 meses.
 
Você poderá comprar carros novos ou usados. O cliente pode financiar até 90% do valor do veículo, com taxas a partir de 0,93% ao mês. Para verificar a possibilidade em obter o crédito simples de automóveis, você deve se dirigir para uma agência CEF portando RG e CPF em situação regular na Receita Federal; comprovantes de residência e de renda; DUT e/ou nota fiscal do veículo e Formulário do DETRAN da sua cidade (você pode tirá-lo na internet) que mostre a inexistência de débitos do carro (IPVA, multas e seguro).
 
A segunda opção de financiamento auto é através de uma empresa que deseja renovar sua frota. Segundo o site da CEF, "o Financiamento de Veículos Locadoras é uma linha de crédito para micro e pequenas empresas locadoras de veículos, destinada à aquisição de automóveis para locação. Com este financiamento, é possível adquirir carros novos nas melhores condições do mercado. As prestações são mensais e calculadas pelo sistema SAC de Amortização".
 

Financiamento imóvel

Talvez o mais famoso dos financiamentos prestados pela Caixa Econômica Federal. O imóvel financiado pela CEF pode ser pago em até 35 anos. Este tipo de crédito é bem mais complexo, muito por conta disso, a CEF disponibiliza um site com informações completas, inclusive com um simulador para que o interessado possa saber as condições em que pode ser aberto o crediário. Vale lembrar que este tipo de financiamento pode ser realizado tanto para a compra de um imóvel novo, como para um imóvel usado.
 
Ao menos uma vez no ano a CEF realiza feirões onde está inserido diversos imóveis para compra. Caso você já possua um pedido de crédito, pode acompanhar todas as fases de sua solicitação através da homepage. Acesse o site http://www.caixa.gov.br/novo_habitacao/ e fique por dentro de tudo o que rola no sistema Caixa Econômica Federal habitação.
 
O pagamento dos financiamentos Caixa são realizados através do boleto caixa, que pode ser enviado para o endereço de cadastro ou impresso no site da Caixa Econômica Federal.

Financiamento Caixa: Quais os documentos necessários

// 2 comentários:
Obter um financiamento da Caixa Econômica Federal (CEF) requer uma série procedimentos. Tais recursos são para que você tenha segurança e agilidade no curso do processo. Para quem ainda não possui uma conta corrente ou conta poupança no banco estatal, vale a pena acessar o site do banco, em www.caixa.gov.br ou se dirigir até uma agência que fica mais próximo de sua casa ou trabalho e verificar como obter o crédito que melhor caia para sua necessidade e principalmente no formato de pagamento. Através deste artigo, você ira saber quais os documentos necessários para obter um financiamento da Caixa Econômica Federal.





 
Para quem deseja tomar empréstimo através da Caixa Econômica Federal deve ficar atento a situações importantes, pois como todo banco, a CEF tem suas restrições e impõe limites técnicos e de renda. 

Entre as pautas que devem ser estabelecidas, estão: ser maior de 18 anos ou ser emancipado, ou seja, ser menor de 18 anos, mas possuir toda a documentação que prove sua emancipação; possuir conta corrente ou poupança no banco de origem, ou seja, na Caixa Econômica Federal, além de não ter nome incluído em cadastros de devedores, tais como CADIN, SERASA, SINAD E SPC.
 
financiamento-caixa-documentos-necessários
 
Para que você fique por dentro das siglas, segue: o CADIN (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal), SERASA (Empresa de Informações de Crédito), SINAD (Sistema de Inadimplentes da CAIXA), SPC (Serviço de Proteção ao Crédito). Aprovado nessas exigências, através de seus ganhos mensais ou sua renda apresentada, o gerente pode verificar sua margem, ou seja, o valor em que pode ser emprestado para você, e que você terá todas as reais condições de efetuar um pagamento sem maiores problemas. Vale ressaltar que, após a aprovação, a Caixa Econômica Federal dá um prazo de até três dias úteis para que o dinheiro esteja disponível em sua conta corrente ou conta poupança.
 

Financiamento Caixa: Quais os documentos necessários

Para conseguir um financiamento Caixa Econômica Federal, quais documentos necessários? 

Com certeza você já deve ter pensado nisso. Agora você ficará sabendo de uma maneira bem simples. O primeiro ponto é separar original e cópia de seu comprovante de renda, holerite, caso você ainda não possua uma conta com a CEF, caso você receba seu salário pela CEF, não há essa necessidade, já que suas informações já constam no sistema.
 
Além do comprovante de renda, os documentos a serem levados são: RG, CPF e comprovante de endereço. Outro item que a CEF solicita é um comprovante de estado civil. Lembrando que toda a documentação deve ser entregue em original e cópia.
 
Para quem não tem um trabalho fixo, que comprove uma renda mensal, deve elaborar outros documentos.  No caso de autônomos, o processo de obtenção de crédito, pode ser aberto através da declaração de Imposto de Renda, contrato de prestação de serviços, uma simples declaração do sindicato da categoria e Declaração Comprobatória de Recepção de Rendimentos (Decore), feita por um técnico contábil. 

Caso você seja um trabalhador informal, sem conta corrente ou salário em banco, você deve procurar um gerente CEF, que poderá lhe dar mais esclarecimentos.


Como Financiar Casa pela Caixa

// Nenhum comentário:
O sonho da casa própria atinge milhares de brasileiros, de norte a sul e de leste para oeste. Com o valor do aluguel cada vez mais caro, o gasto mensal com o pagamento de um local para morar, poderia muito bem ser investido em uma casa própria ou num apartamento, por exemplo. Porém, muitas pessoas têm medo de entrar em algo duvidoso ou até mesmo de perder o dinheiro que guardou durante anos para que um dia pudesse realizar o sonho de ter algo seu.





 
A Caixa Econômica Federal foi um dos primeiros bancos a disponibilizar crédito para brasileiros que desejam dar início ao sonho da casa própria e sair do aluguel. Existem algumas etapas para que se possa dar andamento a este sonho.
 
Através deste artigo você saberá como por em prática de forma rápida esse sonho.
 
financiar-casa-pela-caixa-economica-federal
 

Saiba como financiar uma casa pela Caixa Econômica Federal.

Três etapas distanciam você de sua casa própria

Entre as primeiras etapas para conseguir o financiamento, é indispensável que você tenha uma conta aberta na Caixa Econômica Federal, isto irá fazer com que a partir daí, o sistema para obtenção de seu crédito se torne mais rápido. Assim como em vários momentos de nossa vida, obter o crédito para a compra de um imóvel através da CEF necessita de prévia aprovação, ter renda e nome limpo no serviço de proteção ao crédito é fundamental para o andamento do processo. Para saber sua situação, você deve procurar a agência da Caixa Econômica Federal mais próxima da sua casa. Abaixo você saberá um pouco mais sobre os outros passos até conseguir sua casa própria.
 
Após a primeira etapa, ou seja, a avaliação de cadastro e crédito, você deverá enviar documentos da casa ou apartamento para uma vistoria técnica. De acordo com a página habitacional da Caixa Econômica Federal, este é um dos procedimentos obrigatórios. “Os engenheiros da Caixa vão avaliar o imóvel, para sua segurança, a Caixa também vai analisar a documentação dos vendedores”.
 
Ainda nesta fase, após conversa entre as partes, será definida a melhor opção de financiamento para você e se outros documentos deverão ser apresentados.
 
O terceiro passo é a fase final, aquela aguardada por muitos. Neste ponto, você irá assinar o contrato com a Caixa Econômica Federal e terá até 35 anos para saldar sua dívida. Segundo a CEF, "após o registro do contrato, o vendedor receberá o pagamento".
 
Entre as alternativas de imóveis, há os novos, os usados e até mesmo de um terreno, onde você posteriormente queira construir algo do seu jeito. Há ainda opções como imóvel na planta ou em fase de construção, aquele que já vem com seu cheiro e do jeitinho que você sonhou. 

 

Requisitos básico para financiar uma casa pela Caixa

Para comprar seu imóvel pela Caixa Econômica Federal você precisa ter: mais de 18 anos ou ser emancipado com 16 anos completos; possuir capacidade civil e de pagamento; ser brasileiro ou possuir visto permanente no país; não ter o nome em cadastros que visam a proteção de crédito à devedores, exemplo do SERASA; a prestação não pode ser maior que 30% da renda familiar mensal bruta; a garantia do financiamento é a alienação fiduciária do imóvel; o imóvel deve ser utilizado para sua moradia.
 
Para realizar o sonho da casa própria, você ainda pode verificar a descrição das vantagens CEF. Entre elas: pode ser feito no Sistema Financeiro de Habitação (SFH); o tomador de crédito tem até 35 anos para pagar; o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pode ser usado como parte do pagamento do imóvel no SFH; você recebe o imóvel assim que ele ficar pronto; você terá cobertura de seguro em caso de Morte ou Invalidez Permanente (MIP) e Danos Físicos no Imóvel (DFI).

Simulador Caixa – Financiamento habitacional

// Nenhum comentário:
Simulador Caixa serve para você verificar pela internet quais os valores do imóvel que pode financiar, quais os prazos e taxas de juros.

A Caixa Econômica Federal lançou uma nova ferramenta em seu portal que vem auxiliar todas as pessoas que buscam um crédito para realizar seu sonho, seja ela da casa própria, de um carro novo e até mesmo aquele empréstimo para quitar suas dívidas.





 
Através do simulador da Caixa Econômica Federal você fica por dentro de todas as taxas e das informações mais úteis antes de assinar qualquer contrato.

Ao entrar no site da CEF, o cliente já irá ver o canal habitação, nele, quem procura financiar uma casa terá à sua disposição uma página com o simulador. Assim, você poderá simular todos os outros crediários que a Caixa Econômica Federal disponibiliza para seus clientes. Desta maneira o simulador vem para auxiliar aquelas pessoas que procurar utilizar de forma prática todos os minutos de sua vida.
 

Como usar o simulador Caixa

simulador habitação caixa
Há duas maneiras para realizar sua simulação.

  1.  Quanto eu posso financiar?
  2. Simule um financiamento.

No primeiro caso, você deve inserir apenas os dados de uma pessoa, ou seja, é algo individual para pessoa física. Os dados obrigatórios são a cidade em que está localizado o imóvel, a renda bruta familiar e a idade do comprador, que é obrigatório ser maior de idade.
 
Em um exemplo elaborado pelo blog, uma pessoa que tenha 29 anos, deseja um imóvel em São Paulo, e que tenha renda familiar em torno de R$ 3 mil, consegue uma prestação máxima no valor de R$ 900. Com essa faixa, você pode ter simulações que beiram 180 meses, sendo R$ 81.237,53 de financiamento, com valor do imóvel em R$ 90.000,00. Ainda, 240 meses por R$ 93.546,27 de financiamento, com valor total do imóvel de R$ 104.000,00 e 360 meses por R$ 110.250,90, com valor total de R$ 123.000,00.
 
No caso da opção de um imóvel no valor de R$ 90 mil, você terá até 360 meses para pagar, com cota máxima de financiamento em 90%. Nesta situação, o valor de subsídio do programa Minha Casa Minha Vida será de R$ 2.113,00. Na mesma simulação, o valor da entrada será de R$ 6.887,00, com prazo de R$ 360 meses, sendo o valor de financiamento de R$ 81 mil. O sistema de amortização é o SAC.
 

Governo exalta nova ferramenta para clientes

 
Segundo o vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, José Urbano Duarte, a nova ferramenta não só gera uma interação com o cliente, como contribuiu na experiência de compra e financiamento de imóvel. “O novo simulador inaugura uma nova forma de interação do cliente com o crédito imobiliário, uma vez que é mais intuitivo e possui uma interface mais amigável e atual, além de permitir uma resposta imediata a uma primeira necessidade do cliente, ao buscar um simulador: quanto posso financiar na Caixa?”, finaliza.
 
Para que fosse criada está nova ferramenta, houve pesquisas em sites bancários de diversos países do mundo, que já disponibilizavam tais recursos para seus clientes.
 
Vale ressaltar que, com os recursos disponibilizados no site, o valor e o prazo, por exemplo, o usuário deve apenas alterar a seu gosto a classificação do imóvel e o endereço da residência que deseja financiar, e inserir dados como: data de nascimento do proponente de maior idade; tempo de serviço, se tiver mais de três anos de trabalho sob regime do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), além de informar se já foi beneficiado com algum subsídio da União. O sistema utilizado pela Caixa Econômica Federal é do tipo inteligente, não sendo necessário reinserir os dados que já foram informados no começo da simulação.
 
Assim que sua simulação estiver pronta, é imprimir aquela que melhor lhe agrada e seguir com os dados até uma agência da CEF de sua preferência.

Empréstimo CAIXA – Conheça como funciona CDC Automático

// 17 comentários:
Empréstimo Caixa - Saiba qual o melhor financiamento Caixa que cabe em seu bolso, neste artigo vamos falar do empréstimo Caixa CDC automático.

O CDC Automático é um empréstimo com limites pré-aprovados e uma das melhores taxas de juros do mercado: apenas 3,85% ao mês.

Cada pessoa tem seus sonhos e automaticamente suas obrigações na vida. Há diversas situações que obrigam pais de famílias ou não a terem que correr atrás de um dinheiro extra. Muitas vezes a necessidade de um dinheiro extra vem em momentos inesperados, em que a pessoa não tem muitas alternativas a ir atrás de um saldo financeiro, a não ser procurar por um empréstimo.





 
Entre as alternativas de tomar um empréstimo financiador, as melhores e mais seguras continuam a ser através das agencias bancárias. Por mais juros que possa parecer haver, você saberá que irá dormir tranquilo no dia seguinte, sem dever algo para parentes, amigos e até mesmo para agiotas. Entre as instituições bancárias que disponibilizam crédito para seus correntistas está a Caixa Econômica Federal, uma das líderes do mercado neste segmento. Saiba através deste artigo um pouco mais sobre o empréstimo Caixa.
 
A Caixa Econômica Federal disponibiliza várias ferramentas para empréstimo pessoal, com um teto limite no valor de R$ 30 mil. O prazo para pagamento é de até 36 meses. Para quem já é cliente, ainda pode contar com a facilidade do Cheque Especial, que já tem um valor pré-aprovado em conta corrente.
 
emprestimo-caixa-cdc
 

Empretimo Caixa - CDC Automático é a melhor forma de empréstimo para pessoa física

 
Para que você possa sair do aperto e, ainda não é cliente Caixa Econômica Federal, a dica mais inteligente é ir o quanto antes a uma agência CEF próxima à sua casa ou de sua preferência.
 
O mais conhecido dos empréstimos a qual a Caixa Econômica Federal tem em sua gama, é o Crédito Pessoal Automático ou CDC Automático. Com a menor taxa de jutos do mercado, cerca de 3,85%, o cliente CEF pode escolher o quanto deseja tomar de empréstimo, entre R$ 300 e R$ 30 mil.
 
O primeiro passo para poder conseguir tomar o empréstimo Caixa Econômica Federal é ser aprovado em algumas exigências, tais elas:




  • Ter mais de 18 anos ou ser emancipado, ou seja, ser menor de 18 anos, mas possuir toda a documentação que prove sua emancipação;
  • Possuir conta corrente ou poupança na CAIXA; além de não ter nome incluído em cadastros de inadimplentes, como CADIN, SERASA, SINAD E SPC.
  • Para constar, o CADIN (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal), SERASA (Empresa de Informações de Crédito), SINAD (Sistema de Inadimplentes da CAIXA), SPC (Serviço de Proteção ao Crédito). Aprovado nessas exigências, através de seus ganhos mensais ou sua renda apresentada, o gerente pode verificar sua margem, ou seja, o valor em que pode ser emprestado para você, e que você terá todas as reais condições de efetuar um pagamento sem maiores problemas. Vale ressaltar que, após a aprovação, a Caixa Econômica Federal dá um prazo de até três dias úteis para que o dinheiro esteja disponível em sua conta corrente ou conta poupança.

     

    Saiba as principais referências que a Caixa explica para o cliente

     
    Segundo a CEF, o prazo de validade do CDC Automático é de 180 dias. "A renovação ocorre automaticamente no final desse período e a cada reavaliação. Você só precisa assinar o contrato uma única vez para poder utilizá-lo. A qualquer momento, poderá ser solicitada por você ou pela CAIXA uma reavaliação cadastral da operação do CDC e o valor do limite de crédito poderá ser alterado".
     
    Outra informação de supra importância é quanto a faixa de empréstimo ao tomador. "O limite pré-aprovado equivale a 10 vezes a capacidade de pagamento mensal definida pelo banco, sendo disponibilizado automaticamente na sua conta após a assinatura do contrato. O valor máximo do empréstimo é de R$ 10.000,00 e o valor mínimo para o pagamento da prestação é de R$ 25,00". Siga o raciocínio: se a capacidade de pagamento mensal disponível, definida pela CEF, for de R$ 100,00, o limite aprovado será de R$ 1.000,00 (10 x 100,00).

    Financiamento Caixa Veículos

    // Nenhum comentário:
    Pensando em financiar um carro? Saiba como fazer um financiamento de veículos pela Caixa Econômica Federal.

    Não há quem não sonhe em ter um bom carro na garagem, seja ele novo ou usado. Carro não é só um investimento para lazer ou passeio, mas sim algo que se torna cada vez mais necessário nas grandes cidades. Para que você consiga realizar esse sonho, a Caixa Econômica Federal disponibiliza um financiamento que cabe no bolso de qualquer família com uma renda básica, sem, claro, comprometer todo o salário e dificultar o dia a dia da casa.


     
    Neste artigo vamos abordar o financiamento Caixa Econômica Federal para veículos.
     
    As taxas são as melhores do mercado e o financiamento pode ser quitado em até 60 meses, ou 5 anos. 
     
    Chamado de Crédito Auto Caixa, o financiamento de veículos do banco estatal tem cada vez mais adeptos que buscam realizar o sonho de dirigir por ruas, avenidas e principalmente estradas do Brasil. O primeiro passo para conseguir o financiamento de automóveis, é você ser cliente da Caixa Econômica Federal. Caso ainda não seja, basta procurar a agência mais próxima de você e efetuar o cadastro. Após o cadastro realizado você deve procurar o seu gerente e verificar a possibilidade em contar com o serviço. Para tanto, você deve ser maior de 18 anos, não ter o nome incluído em serviços de devedores e possui renda.
     
    financiamento-caixa-veiculos
     

    Financiamento Caixa Veículos - Crédito auto Caixa

    Taxa de juros pré-fixada é um dos atrativos

    De acordo com o site da Caixa Econômica Federal, o Crédito Auto Caixa é uma linha de financiamento voltada para a compra de veículos novos e também para carros usados. O valor tomado no financiamento pode ser de até 90% do valor final do veículo. Em uma última atualização a taxa gira em torno de 0,93% ao mês.
     
    O crédito pode ser obtido mediante a entrega de documentos como:
     
    • RG e CPF, sendo o segundo em situação regular na Receita Federal; comprovantes de residência e de renda;
    • DUT e/ou nota fiscal do veículo, para acompanhamento da situação do carro;
    • Além do formulário do DETRAN da sua cidade (o documento pode ser obtido através de página do departamento na internet) que mostre a inexistência de débitos do carro (IPVA, multas e seguro).
    Assim que entregue os documentos, a Caixa Econômica Federal irá fazer a verificação dos papéis e, se aprovado será definido o valor de empréstimo que poderá ser tomado, além da forma de pagamento das prestações. Como dito acima, o prazo para quitação total é de 60 meses. Outro item importante é que o valor do empréstimo do veículo está condicionado ao ano de fabricação do veículo e o tipo de relacionamento do cliente junto ao banco.
     
    Além dos dados já descritos acima, é de grande importância saber que o financiamento de veículos disponibilizado pela Caixa Econômica Federal é voltado para pessoa física. A taxa de juros é pré-fixada, assim, você não é pego de surpresa. Ainda segundo a CEF, "o financiamento pode ser feito para automóveis e utilitários novos ou usados, nacionais ou importados. Se preferir, você pode pagar antecipadamente o que deve reduzir o valor dos juros".
    Agora você tem todas as informações para conseguir seu financiamento.

    Tecnologia do Blogger.